Lago Muckroos, Irlanda

Lago Muckroos, Irlanda

Na Irlanda tudo acontece com grande dramatismo, de forma intensa e vivida pelo que a travessia do Lago Muckross não poderia ser diferente.

Olho para o Lago Muckross sem entender muito bem onde é que esta travessia me vai levar, afinal de contas o que pode ser assim tão interessante em andar de barco num lago?

Tão bem me falaram desta travessia que decidi confiar no bom gosto e sabedoria de quem também faz do turismo o seu modo de vida e profissão.

Até a meio do lago eu não estava muito convencido do que estava a fazer mas ao nos aproximarmos da margem oposta, comecei a ver uma língua de água muito estreita e o barquito começou a direcionar-se nesse sentido.

Ainda não estava completamente consciente do nosso rumo e já  estávamos a navegar nesse canal que serpenteava terra a dentro.

A certa altura, já no dito canal, o barqueiro explica-nos que teríamos que sair da embarcação para que ele pudesse passar uma zona de baixa profundidade. Esta saída foi muito curiosa porque nos permitiu atravessar uma ponte de pedra para o lado oposto do canal e fotografar de cima para baixo enquanto algumas manobras aconteciam.

O cenário era de postal e os nossos coletes salva-vidas, de vermelho vivo, dariam com um ar irreal às fotografias. Mas enfim, pouco havia a fazer já que a realidade das cores era mesmo essa.

O frio, a humidade do tempo chuvoso e o nevoeiro acentuavam o dramatismo a toda a paisagem e as nuvens cinzentas de contornos negros davam-me a sensação que a qualquer momento podia cair uma carga de água que nos empaparia até ao ossos, acrescendo que nesta barcaça sem proteção não tínhamos abrigo.

Foi uma travessia de cerca de 10Km que demorou sensivelmente uma hora e meia e que nos deixou no extremo oposto do Lago Upper.

O espelho de água negra é hipnotizante e as linhas das montanhas no horizonte dão um ar de aguarela ao cenário.

Carpe diem

David Monteiro

Deixe uma resposta

%d bloggers like this: