Clavijas de Cotatuero, Espanha

Clavijas de Cotatuero, Espanha

As Clavijas de Cotatuero estão referenciadas como sendo o primeiro caminho equipado em Espanha e são, seguramente, um clássico dos percursos de montanha no Parque Nacional de Ordesa e Monte Perdido, nos Pirenéus espanhóis.

Começo por sublinhar a referência a “caminho equipado” em vez de via ferrata. Caso não saiba o que é uma via ferrata, deixo aqui uma breve explicação, apesar de não considerar esta definição como cabal, serve para este efeito.

Os caminhos equipados, quando começaram, não tinham a mesma estrutura nem a mesma dimensão das vias ferratas. Eram compostos por equipamentos colocados nos caminhos de modo a facilitar a progressão dos montanheiros e eram curtos.

Neste sentido, não tinham o chamado “cabo de vida”, um cabo que segue ao longo da estrutura e que pretende dar segurança aos desportistas.

O seu nível de dificuldade era baixo e não carecia de EPI, Equipamento de Proteção Individual.

Bom … vamos fazer uma pausa e contextualizar, já que o leitor ao ver estas imagens irá pensar, e bem, que aqui se refere a um caminho equipado e vê-se que é necessário EPI.

O caso é que, sendo estas estruturas montadas sem supervisão pública, quem o montava decidia se haveriam ou não de ter segurança/cabo de vida. Assim, sendo uns tinham e outros não.

Isto é tudo muito bonito até alguém morrer ou ficar seriamente aleijado. Até lá, as ideias proféticas imperam.

Parece que entretanto começou a haver atenção pública sobre estas estruturas montadas que foram ganhando notoriedade e, em alguns casos, já foram montados cabos de vida como é o caso das Clavjias de Cotatuero.

Voltando ao assunto, atualmente alguns destes caminhos equipados pouco se diferem das vias ferratas, até porque alguns são compridos e também há vias ferratas curtas.

Seja que nome quiserem dar à estrutura, pouco importa, o facto é que o local é impressionante.

Para aceder às Clavijas de Cotatuero temos que ir até ao Vale de Ordesa e daí encontrar o trilho que nos leva até ao seu começo. As tabuletas indicativas existentes no Vale resolvem bem a necessidade de identificação do trilho.

A caminhada de aproximação às Clavijas de Cotatuero é feita num bosque de árvores muito altas e no Verão a sombra é uma benção.

É uma caminhada que nos faz ascender cerca de 550m acima do Vale de Ordesa, o que já não é um passeio no parque.

Não há como enganar, o caminho termina numa parede onde “the only way is up”.

O percurso das Clavijas de Cotatuero propriamente dito é muito curto mas intenso e aconselho vivamente o uso de EPI.

Ascende mais ou menos 130m na vertical, muito exposto, aberto so Vale de Ordesa, com uma vista que nos dá um forte aperto no coração e nos mostra o quanto pequeninos somos.

Fotografar é essencial.

Carpe diem.

David Monteiro

Nota: para complementar este artigo, sugiro ler Caminhar na Faja de las Flores, Ordesa e Monte Perdido, Espanha

Clavijas Cotatuero-2 | Espana

Deixe uma resposta

%d bloggers like this: